Manjericão, Conheça os Benefícios

1

Conheça motivos para consumir mais manjericão…

O que muitos não sabem é que esta magnífica planta “aromática” possuí centenas de nutrientes benéficos à nossa saúde. É um ingrediente muito consumido na cozinha e se utiliza na medicina alternativa para curar várias doenças. Manjericão, Conheça os Benefícios lendo este artigo!

Possui inconfundível sabor e aroma, é famoso na culinária italiana, é um importante ingrediente no molho pesto, também é muito usado na culinária da Índia, Indonésia, Tailândia na cozinha vietnamita e um pouco em todo o mundo.

molho_pesto_caseiro Molho Pesto – Manjericão, Conheça os Benefícios

O manjericão (Ocimum Basilicum), alfavaca, basilicão, anfádega, erva de São José, erva-rea…, é originário da Ásia e África, os indianos consideram-na uma planta sagrada, fundamental que desenvolve o crescimento espiritual, promove o relaxamento e o equilíbrio. Continue lendo o artigo Manjericão, Conheça os Benefícios!

Variedades de manjericão

Imaginava que existem cerca 60 espécies de manjericão? Nem todas são comestíveis, mas algumas são muito apreciadas na culinária.

Algumas das mais utilizadas
  • Manjericão Miúdo tem folhas bem pequenas e delicadas flores brancas. Um sabor suave e delicioso.
  • Manjericão comum ou manjericão doce as folhas são verde-claras e de forte aroma. É muito utilizado em preparo de molhos (pesto), saladas e carnes, usa-se para aromatizar azeites e vinagres.
  • Manjericão tailandês, manjericão thai ou thai basil este incrível manjericão é muito utilizado em pratos asiáticos, como nos apimentados pratos tailandeses. Seu sabor anisado e picante é peculiar.
  • Manjericão italiano odor intenso, folhas de espessuras mais grossa que o comum e curvadas. Levemente amargo quando cru e com leve sabor de cravo.
  • Manjericão roxo é uma variedade híbrida, com suas folhas roxas com manchas azuladas e verdes. Apresenta inflorescência de cor rosa e aroma suave. Ótimo para usar na decoração de pratos, já que a tonalidade arroxeada dá uma graça extra.
Como comprar?
  • Como murcha facilmente, deve-se tomar cuidado na hora escolha o maço de folhas frescas, evitando as amassadas, escurecidas ou com manchas.
  • As folhas frescas com tonalidade verde profundo são superiores em sabor e aroma se comparadas com as secas.
Como conservar?
  • Na geladeira pode-se guardar entre 2 a 3 dias enrolado em papel toalha úmido ou em um saco plástico. O manjericão tailandês é mais resistente dura na geladeira entre 5 a 6 dias.
  • As folhas de manjericão após batidas com um pouco de água ou azeite conservam-se no freezer por 3 meses acondicionadas em forminhas de gelo.

Manjericão, Conheça os Benefícios

  • É uma ótima fonte de flavonoides, fornece preciosa proteção às células, possuí dois flavonoides, a vicenina e a orientina, está demonstrado que auxiliam na proteção dos cromossomos, contra possíveis lesões.
  • O manjericão é diurético, refrescante, estimula o fígado, é usado para aliviar inflamações dos brônquios, gases intestinais, vertigens, espasmos gástricos, depressão, perdas de memória, dores menstruais e insônias.
  • Um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition mostrou que este ingrediente auxilia pacientes que estão realizando o tratamento do câncer. O manjericão protege as células contra a radiação e melhora do desempenho das células imunológicas.
  • Pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão, Sergipe, Brasil e da Universidade Tiradentes (Unit), Sergipe, Brasil estão desenvolvendo uma pesquisa com o óleo essencial do manjericão para tratamento da fibromialgia.
  • Já está comprovado que o consumo de manjericão inibe o desenvolvimento e proliferação de algumas estirpes de bactérias resistentes (staphylococcus, enterococcus e pseudomonas) que desenvolveram resistência a tratamentos com antibióticos (Journal of Microbiology Methods, September 2003).
  • Um estudo realizado na Purdue University, West Lafayette, Indiana, USA, revelou que o manjericão possui uma ampla gama de óleos essenciais ricos em compostos fenólicos, outros produtos naturais, incluindo polifenóis, tais como flavonoides e antocianinas.
  • Segundo um estudo realizado no Swiss Federal Institute of Technology, ETH Zurich, Swiss, o manjericão contém beta-cariofileno (BCP), que é útil no tratamento de artrite e doenças inflamatórias.
  • Em um evento da Royal Pharmaceutical Society, RPS, London, Great Britain um estudo foi apresentado que revelou que extratos de ocimum tenuiflorum (manjericão Santo ou tulsi) reduziram a inflamação e o inchaço em até 73%, 24 horas após o tratamento.
  • De acordo com pesquisa apresentada na BPC British Pharmaceutical Conference em Manchester, o extrato de manjericão Santo tem propriedades que ajudam a prevenir os danos causados por alguns radicais livres no fígado, cérebro e coração.
  • Um estudo publicado no Journal of Advanced Education & Research Farmácia mostrou que extrato etanólico Ocimum basilicum teve mais atividade antioxidante do que antioxidantes padrões.
O manjericão na culinária
  • Na cozinha, o manjericão pode ser utilizado no preparo de diversas receitas como massas, molhos, saladas, pães, patês, sopas, sanduíches, sucos, doces, queijos, entre outros.
  • Para que o frescor, o aroma acentuado e os compostos antioxidantes sejam mantidos, o manjericão deve ser acrescentado somente no último passo das receitas.
  • Receitas já postadas com manjericão no LINK
Contraindicações e precauções
  • Não há restrições quanto ao consumo do manjericão, pode ser consumida por todos. Em caso de dúvidas, procure um médico.

Manjericão, Conheça os Benefícios
Guloso & Saudável

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor digite o seu nome aqui