A Importância das Proteínas na Alimentação

3

Imagina qual é a importância das proteínas na alimentação e para a saúde?

As proteínas devem estar presentes diariamente na alimentação humana em quantidade e qualidade adequadas. Saiba mais lendo o artigo A Importância das Proteínas na Alimentação!

Quando pensamos em uma alimentação equilibrada e um corpo saudável, não podemos esquecer as proteínas, pois são contribuintes básicos das fibras musculares, cabelo, dentes, ossos e pele. Todas as enzimas são proteínas, que catalisam, aumentam a velocidade das reações bioquímicas. As proteínas hormonais regulam inúmeras atividades metabólicas. O sistema imunológico é composto também por proteínas que nos defendem contra os germes e microrganismos.

A Importância das Proteínas na AlimentaçãoA Importância das Proteínas na Alimentação


os atletas que querem melhorar o desempenho ou musculatura, também as pessoas que querem perder peso ou ganhar massa magra, investem em uma dieta de proteínas, embora devam também consumir na medida certa de carboidratos e lipídeos.

Saiba mais sobre a importância das proteínas na alimentação e quantidades a consumir

A quantidade de consumo de proteína depende da fase de vida de cada um. Segundo a Recommended Dietary Allowances (RDA), para um adulto saudável que não tenha restrição a proteínas a necessidade diária recomendada de proteínas é de 0,8 e o atleta até 1,2 gramas por quilo de peso corporal por dia.

Qual é a melhor proteína, a de origem animal ou a de origem vegetal?

Na verdade, as duas consumidas isoladamente ou em conjunto atendem as necessidades diárias. Existem vantagens e desvantagens nas duas fontes. O ideal é consumir as duas em quantidades adequadas para atender as necessidades diárias.

Proteínas de origem animal
  • As proteínas de origem animal fornecem aminoácidos de alto valor biológicos, em quantidades e proporções ideais para atender às necessidades orgânicas. Têm boa digestibilidade, biodisponibilidade, ou seja, o corpo absorve uma percentagem elevada do conteúdo de proteína total.
  • Mas possuem a desvantagem de serem pobres em fibras e ricas em gorduras não benéficas (colesterol LDL “o ruim”, gordura saturada), sendo seu excesso relacionado com doenças crônicas.
  • As principais fontes de proteína animal são: ovos, carnes magras (aves, bovinas, suínas…), vísceras, peixes, leite e derivados magros.
Proteínas de origem vegetal
  • Já a maioria das proteínas de origem vegetal possui uma quantidade menor de aminoácidos essenciais, com exceção da soja, mas em contrapartida são ricas em carboidratos, vitaminas, fibras, e possuem gorduras boas.
  • Mas existem combinações alimentares que complementam os aminoácidos entre si, formando proteínas de alto valor biológico, como é o caso do arroz com feijão (cereal e leguminosa).
  • São consideradas fontes de proteína vegetal os feijões, lentilhas, soja, grão de bico, ervilhas, amendoim, castanhas, tofu (queijo de soja), cereais como arroz, milho, aveia, quinoa, linhaça, chia, amaranto...
Aqui estão algumas boas fontes de proteínas
Ovos
Aves
  • Frango sem pele, pato, peru são boas ótimas fontes de proteínas. Possuem teor de gordura baixa, proteína de alta qualidade. 
Carne vermelha magra
  • É considerada uma ótima fonte de proteínas. Exemplo: patinho, vitela, contra filé, lagarto, filé mignon, coxão duro, coxão mole, alcatra.
Peixe e frutos do mar
  • Alguns dos exemplos de peixe são a sardinha, o linguado, o namorado, a truta, o salmão, o atum, o bacalhau, a tilápia são alguns exemplos de peixe que podem estar na sua dieta.
  • Mas também os frutos do mar fornecem alta qualidade de proteína, como caranguejo, lagosta, camarão vieiras
  • No link saiba mais sobre: Peixe na Alimentação Traduz-se em Mais Sabor e Saúde!
Leite e derivados magros
Nozes, castanhas e oleaginosas
  • Apesar de não serem fontes completas de proteínas, as nozes, amendoins, amêndoas, castanhas, as sementes são ótimas opções para adicionar mais proteína em sua dieta.
  • Pode consumir manteiga de amendoim ou noz, mas deve preferir as mais naturais. Atenção não exagere, pois são ricas em gorduras.
  • No link saiba mais sobre: Descubra por que Devemos Incluir o Amendoim na Alimentação
Chia
Grão de Bico
Gergelim
  • O gergelim é outro campeão de proteína ele pode dar uma super turbinada na reserva de proteína.
Semente de Girassol
  • A semente de girassol também possui alto teor de proteína e a farinha parcialmente desengordurada possui mais que o dobro do teor. A semente pode ser utilizada em saladas, fazer patê, bolos…
Feijão
  • Não é surpresa para ninguém que o feijão é uma boa fonte de proteína. Dependendo do tipo de feijão, a quantidade do nutriente varia um pouco. O preto e o vermelho oferecem um pouco mais de proteína.
  • No link saiba mais sobre: Descubra os Benefícios do Feijão para a Saúde
Soja
  • É possível consumir soja através de vários alimentos como o leite de soja, tofu, iogurte de soja, queijo cottage de tofu e soja em grão. Todas estas variedades têm uma boa quantidade de proteínas.

A Importância das Proteínas na Alimentação

Guloso & Saudável

 

Salvar

Salvar

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Vânia!
    Ótimas informações, eu procuro sempre variar as proteínas no meu dia a dia, aprendi muito com esta postagem!
    Um grande abraço!

  2. Um post super interessante, uma coisa que nunca falta no meu dia a dia é a minha garrafa de +agua com sementes de chia, não passo sem ela .
    O grão e a soja também fazem parte da minha alimentação

  3. Vânia minha querida,
    Informações super preciosas, eu não fico sem minhas sementes de chia e de girassol.
    Vou bater as sementes de girassol no liquidificador para fazer a farinha, gostei da ideia.

    Beijinhos, ótimo fds! ♥

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor digite o seu nome aqui