Quem não tem medo da palavra câncer?

Todos sabemos de um familiar ou amigo que teve ou tem. De acordo com a American Cancer Society, mais de um milhão de pessoas somente nos Estados Unidos têm câncer a cada ano. Lendo vai conhecer os Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer!

O número estimado para o Brasil entre  2014 e 2015 é de aproximadamente 576 mil casos novos de câncer, esta informação faz parte do artigo publicado na Revista Brasileira de Cancerologia 2014; 60(1): 63.

A American Cancer Society lista muitas causas prováveis para o câncer, incluindo fatores genéticos, estilo de vida como o tabagismo, dieta, atividade física, alguns tipos de infecções, exposições ambientais a alguns produtos químicos e radiação.

Os Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de CâncerOs Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer

A relação entre alimentação e o aparecimento ou piora de doenças está cada dia mais evidente. E o oposto também existem vários estudos que comprovam que alguns alimentos melhoram a saúde. Sem dúvida existem Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer, conheça alguns deles a seguir.

Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer

Cuidados ao preparar os alimentos
  • O tipo de preparo do alimento também influencia no risco de câncer. Tente adicionar menos sal na hora de fazer a comida, aumentando o uso de temperos como azeite, alho, cebola, salsa...
  • Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muito elevadas, podem ser criados compostos que aumentam o risco de câncer de estômago e colorretal.
  • Prefira o preparo através de cozimento, utilize vapor, fervura, ensopado, guisado, cozido ou assado, são mais saudáveis.
  • Está comprovado que a alimentação errada tem forte relação com câncer de intestino, estômago, próstata e da mama.
  • Muitos dos alimentos que potencializam o câncer não trazem benefícios à saúde e podem ser eliminados do cardápio.

Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer

Os que aumentam o risco
Açúcar
  • De acordo com a Mayo Clinic, USA, o açúcar não faz o câncer crescer mais rápido. Todas as células, incluindo as células cancerígenas, dependem de açúcar no sangue (glicose) para obter energia.
  • A ligação entre o açúcar e o câncer é diferente, segundo a Canadian Cancer Society, as pessoas que comem maior quantidades de açúcar são mais propensos ao ganho de peso.
  • O estudo comprova que com sobrepeso ou obesidade, há aumento do risco de câncer. 
  • A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que o consumo de açúcar não deve ultrapassar 10% das calorias na dieta de um adulto ou cerca de 4 colheres de sopa ao dia.
Alimentos ricos em sal
  • A Organização Mundial de Saúde OMS recomenda como consumo máximo 1 colher de chá de sal equivalente a 6 gramas por dia ou 2,4 gramas como Sódio.
  • Ingerido em excesso, o sal pode lesar as células que estão na parede do estômago, o que pode gerar celulares cancerígenas.
    Evite alimentos ricos em sal, também os que usam sal como conservante. Na lista estão carne seca, bacalhau salgado, refrigerantes, pizzas congeladas, empanados congelados, macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote
    Um estudo publicado em junho de 2010 no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que uma dieta rica em sal pode aumentar em 10% o risco de câncer de estômago.
Carnes vermelhas, churrasco
  • Comprovou-se que câncer do intestino ou estômago são mais habituais em pessoas que comem em excesso carne vermelha e ou processada. A carne vermelha inclui toda a carne fresca, picada e congelada, carne de porco, cordeiro ou vitela.
  • As carnes processadas também possuem risco para o câncer, foram preservadas por meio de defumação ou salga, o que aumenta a exposição a produtos potencialmente cancerígenos.
  • Estão inclusos: bacon, presunto, salame, linguiça, salsicha, carne enlatada, morcela, patês industrializados e conservas de carne.
  • As carnes são fontes valiosas de nutrientes como: proteínas, Ferro, Zinco e vitamina B12, é recomenda-se que se coma carne vermelha, no máximo 500 gramas por semana, minimizando a processada.
Refrigerantes
  • As bebidas gaseificadas, além de conter excesso de açúcar e ou sal em forma de Sódio, possuem adoçantes que são associados ao aparecimento de câncer.
  • O adoçante deve sempre ser usado de forma equilibrada, pois é um produto destinado a pessoas com diabetes e não deve ser consumido em excesso.

Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer

Alguns alimentos que diminuem o risco do câncer
Alho
  • Comer alho cru 2 vezes por semana pode reduzir cerca de 44% o risco de câncer de pulmão, segundo pesquisa do Jiangsu Provincial Centre for Disease Control and Prevention.
  • Um estudo feito na China descobriu que adultos que consumiam alho cru como parte da dieta tinham 44% menos probabilidade de sofrer da doença.
  • A Organização Mundial de Saúde recomenda a adição de um dente de alho por dia no cardápio. A mudança é simples, mas é suficiente para reduzir o risco de câncer de cólon, estômago e mama.
Cenoura
  • Um estudo da University of Newcastle upon Tyne, England, publicado na revista científica “Journal of Agricultural and Food Chemistry” concluiu que a cenoura pode ajudar a prevenir aparecimento de câncer.
  • Segundo o estudo, a substância falcarinol, muito presente na cenoura, é capaz de reduzir em até 33% o desenvolvimento de tumores cancerígenos.
Gengibre e açafrão
  • Gengibre tem poderosas propriedades anti-inflamatórias e pode retardar o crescimento do câncer. Estudos na University of Maryland Medical Center, USA, confirmam que nutrientes do gengibre têm a capacidade de matar células cancerígenas.
  • Açafrão, açafrão-da-terra ou cúrcuma é uma especiaria base dos currys, é uma raiz da família do gengibre. O ingrediente ativo é a curcumina, em vários estudos a cúrcuma suprimiu a carcinogênese da pele, do estômago, do intestino, de mama e do fígado.
  • Para ser mais eficiente a absorção da curcumia deve associar o açafrão em pó com gengibre ou pimenta do reino, pois potencializa a absorção e os resultados serão melhores!
Tomates
  • O tomate é uma fonte rica em vitaminas, sais minerais, carotenóides (beta-caroteno e licopeno) e flavonóides.
  • Além disso, o licopeno (um caroteno) é o antioxidante mais poderoso, é encontrado nos tomates vermelhos maduros, cozidos e é benéfico contra o câncer da próstata.
Vegetais crucíferos
  • São aqueles da família da mostarda, repolho, brócolis, couve-flor, couve manteiga, couve de Bruxelas, nabo, etc, a lista é longa.
  • Estes vegetais, em graus variados, são ricos em propriedades anti-cancerígenas, como o sulforafano, diindolilmetano e Selênio.
Vegetais verde-escuros
  • Os vegetais verde-escuros se sobrepõe à família de crucíferos e inclui espinafre, acelga, agrião, almeirão, alface, chicória, couve, escarola, folhas de brócolis, mostarda, beterraba e rúcula.
  • Estes vegetais contêm poderosos antioxidantes que podem bloquear o desenvolvimento precoce do câncer, além de terem ácido fólico.
  • Pesquisadores da Oregon State University, USA, encontraram um componente chave no brócolis jovem que é o sulforafano que auxilia a frear a multiplicação e desenvolvimento do câncer de mama.
Fibras
  • As fibras melhoram a função intestinal e está comprovado que podem aumentar a eficácia do tratamento do câncer.
  • Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é recomendado o consumo diário de 25 gramas de fibras para os adultos.
  • Alimentos ricos em fibras incluem feijão preto, outros grão, sementes e cereais, batata doce, frutas, brócolis, milho, abóbora, verduras…,  protegem contra o câncer de cólon.

Alimentos que Aumentam e que Diminuem o Risco de Câncer

Guloso & Saudável

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

7 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom esse post, esclarece coisas simples do nosso dia a dia que pode fazer muita diferença, na minha familia paterna já ouve dois casos de morte por causa do câncer, é uma doença horrível, tanto para os familiares quanto ao paciente….

  2. Oi Vânia,
    esta doença terrível tem aumentado a cada ano, é triste saber quando pessoas muito próximas a nós tem esta doença. Adorei conhecer mais sobre os alimentos que ajudam, muitos deles já fazem parte do meu dia a dia.
    Uma ótima semana, bjs!

  3. Minha querida,
    que postagem mais rica e esclarecedora!
    Prevenir é sempre o melhor, alimentos saudáveis não pode faltar em nossa mesa.

    Bjs, ótima semana! ♥

  4. Querida Vânia,

    Mais uma vez nos prenda com um artigo valiosíssimo !
    O cancro é de facto uma doença maldita, tenho pessoas próximas que sofrem dele e algumas já partiram ! 🙁
    Adorei ler, reler e saber mais acerca do que podemos fazer para preveni-lo, mas amiga, comer alho cru é mesmo complicado ! eh eh eh
    Eu adoro alho, em tudo, mas cru não !

    Beijinhos

  5. Amei este post, sempre evitei ao máximo alimentos ricos em açúcar e sal, mas agora tenho um motivo bem sério ehehe

  6. amei,estou sem palavras..pois alguns desses alimentos eu já sabia do seus poderes em ajudar o corpo a ficar saudável….Obrigada por este carinho..bjosssss

  7. muito bom as dicas, estou usando leite desnatado batido com abacate, mamao linhaça e aveia
    estou me sentindo muito bem obrigado

Deixe uma resposta