Você segue a receita direitinho, mas o pão não fica exatamente do jeito que  deseja?

Fazer pão em casa é uma delícia e quase não tem grandes segredos. Sabendo respeitar o processo, o pão sempre fica delicioso! Huumm, o cheirinho que fica no ar, o sabor, o carinho que foi colocado na massa… Saiba mais lendo Dicas e Segredos para Preparação de Pães Caseiros!

Mas se pensa que água, fermento e farinhas são os únicos ingredientes indispensáveis para se fazer um delicioso pão caseiro errou… uma balança e paciência ajudam muito para se dominar esta arte milenar de transformar farinha em pão!

Dicas e Segredos para Preparação de Pães CaseirosDicas e Segredos para Preparação de Pães Caseiros

Lendo as Dicas e Segredos para Preparação de Pães Caseiros certamente vai fazer pães irresistíveis.

Preparação de Pães Caseiros – ingredientes

Quanto à farinha
  • A qualidade da farinha é de primordial importância, pois dela depende o resultado final, o pão. Para preparar pães caseiros deve sempre usar farinhas de maior qualidade.
  • A qualidade da farinha muda com a marca (processo de moagem) e até de um lote para outro, esse é o um importante fator de variação.
  • Nunca coloque toda a farinha pedida na receita, dependendo da temperatura e umidade do dia, do tamanho dos ovos e da qualidade da farinha essa quantidade pode variar tornando a massa firme demais (dura).
  • Uma receita que pede 600 gramas de farinha significa que pode necessitar usar no máximo 600 gramas para os processos de preparação da massa, abrir, enrolar
Em relação ao líquido
  • A quantidade de líquido que se usa na preparação sempre varia, pouco ou muito. Sempre acrescente os líquidos aos poucos, enquanto mistura a massa, controle o ponto da massa com a adição do líquido.
  • A umidade do ar no ambiente em que se está a preparar a massa também interfere, se a região tiver um clima muito seco, precisará de mais líquido do que uma outra região com clima mais úmido.
  • A água ou leite que é pedido geralmente é morno, deve ter uma temperatura quase fria (35 a 40°C), pois  se estiver um pouquinho mais quente inativa o fermento e por consequência a massa não vai crescer.
  • Como líquido pode utilizar água, leite fresco ou leite em pó reconstituído. Em algumas pães que preparo uso soro de queijo ricota, mesmo em substituição de leite ou água, o pão fica delicioso (receitas aqui). Gosto de fazer queijo ricota em casa e guardo o soro.
O fermento biológico fresco e biológico seco
  • Pode optar pelo fermento biológico fresco ou pelo fermento biológico seco. Ambos têm o mesmo rendimento e são trabalhados da mesma forma. Quando desejar substituir um pelo outro, considere que 15 gramas de fermento biológico fresco equivalem a 5 gramas de fermento biológico seco.
  • Nunca congele o fermento biológico. A levedura poderá morrer e fica inativa, anula a ação do fermento.

 

Preparação de Pães Caseiros – modo de preparo

A massa
  • Leia sempre antes todas as etapas da receita de preparo e separe os ingredientes.
  • Em dias mais frios, aumente ligeiramente a quantidade de fermento da receita.
  • Durante o manuseio, evite o contato do sal com o fermento.
  • Peneire a farinha de trigo refinada (nunca peneire a integral) para eliminar grumos, melhorar a aeração e absorção dos líquidos.
  • Os ingredientes para massas com fermento de pão, como os ovos, creme vegetal, manteiga…, devem estar sempre em temperatura ambiente, a não ser  que na receita peça outra temperatura.
  • Se puder coloque um pouco de açúcar nas massas, auxilia no crescimento e deixa a massa com cor mais bonita.
  • Para iniciar uma massa, comece a mexer com um garfo. Em seguida passe para uma superfície enfarinhada, mexa com uma espátula envolta em farinha. Utilize as mãos enfarinhadas no final de sovar.
  • Deixe a massa descansar, para crescer em local sem ventilação, em locais quentes como armários, forno desligado, o calor acelera o crescimento da massa.
  • Cubra a massa com a tampa hermética da vasilha, ou com um pano ou um saco plástico.
  • Em regiões frias cubra a massa com um pano úmido e deixe crescer ao lado do forno ligado ou coloque um recipiente com água quente sob a vasilha em que está com a massa.
  • A temperatura ideal da massa é entre 30 à 32º C.
  • Para saber se a massa está no ponto de levar ao forno, aperte levemente (introduza cerca de 1 cm) a ponta do dedo. A massa deverá retornar gradativamente.
O assar
  • Se não couberem todas as assadeiras de pães no seu forno, reserve a assadeira na geladeira, coberta com plástico até ao momento de assar. Assim a massa não passará do ponto.
  • Unte as formas com creme vegetal, margarina ou manteiga onde for assar o pão e polvilhe farinha de trigo, assim fica mais fácil removê-los.
  • Se assar o pão em um refratário de vidro use uma temperatura mais baixa no forno.
  • Se o pão dourou muito rápido, termine de assar coberto com papel alumínio, sem apertar, sempre com a parte brilhante voltada para o alimento.
  • Coloque o pão para esfriar em uma grade para que respire, senão o fundo fica mole e úmido.
Temperaturas do forno
  • O tempo de cozimento varia conforme o tamanho dos pães e o tipo de forno.
  • Respeite a temperatura indicada na receita, considerando que cada tipo de pão tem a sua temperatura própria.
Como conseguir crostas diferentes

Crosta é a códea ou casca crocante do pão.

  • Crosta brilhante, pincele com 1 ovo batido misturado com 1 colher sopa de leite.
  • Crosta crocante, opaca e saborosa, dissolva 2 colheres de chá de sal em 2 colheres sopa de água quente e pincele sobre os pães. Polvilhe com ervas e asse.
  • Crosta dourada, pincele com gema de ovo misturada com um pouco de café coado.
  • Crosta dura, coloque uma assadeira com água fervente no chão do forno enquanto o pão assa.
  • Crosta escura, pincele com leite.
  • Crosta macia, pincele com creme vegetal ou margarina ou manteiga antes de ir ao forno
  • Crosta macia e com pouco brilho, pincele com fécula de milho e água.
  • Crosta picante e dourada, pincele os pães com uma pasta de óleo e curry ou pesto.
Para incrementar os seus pães
  • Polvilhe com sementes ou ervas gergelim, papoula, queijo ralado, orégano, erva-doce ou açúcar cristal.
  • Adicione ingredientes à massa, como ervas ou especiarias à farinha, ou junte-as aos poucos enquanto trabalha a massa para garantir a distribuição por igual.

Receitas já publicadas acesse no link em Pães e salgados

Preparação de Pães Caseiros – a conservação
Congelamento e conservação
  • De preferência os pães devem ser consumidos no mesmo dia mas em alguns casos podem ser consumidos em cerca de 3 dias.
  • Mas é possível preparar pães para toda a semana, já que todos os tipos de massa podem ser congeladas. Divida a em porções e congele em plásticos separados.
  • Para descongelar o pão, retire-o do freezer e deixe à temperatura ambiente. Depois, aqueça o pão no forno.

Dicas e Segredos para Preparação de Pães Caseiros

Guloso & Saudável

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

5 COMENTÁRIOS

  1. Eu adoro fazer pão e acho apenas um me saiu mal os restantes tem saido bem.
    Confesso que respeito sempre as medidas e tenho-me safado.
    Já congelei fermento fresco e não tive problemas , por acaso tem meio cubo no congelador.
    Gostei muito do post
    Boa semana
    bjs

  2. adoro fazer pães querida eu sigo a risca tudo ,com o tempo aprendemos que não podemos pular nenhuma etapa ,quando a pessoa diz que facilito e faço um pão mais rapido sem as etapas ja sabemos que ele pode ser bonito mas não né saboroso pois o pão precisa da sua fermentação natural ,não é verdade ? adorei as dicas e vou levar mais estas comigo
    bjokas doces

Deixe uma resposta