Aumentar a saciedade com alimentos pouco calóricos, é o sonho da maioria de nós…

Consumir alimentos saudáveis em excesso pode desequilibrar a dieta alimentar e engordarmos. Saiba mais lendo o artigo Alimentos Saudáveis podem ser Amigos ou não da Dieta.

A ideia de que certos alimentos fazem bem pode levar-nos ao pensamento equivocado de achar que eles devem ser consumidos com a maior frequência e quantidade possível. Mas consumir em excesso comida, mesmo que ela seja saudável, sobrecarrega o corpo de certos nutrientes e leva a um aumento de peso.

Alimentos Saudáveis podem ser Amigos não Dieta.redAlimentos Saudáveis podem ser Amigos ou não da Dieta

Aparentemente, alguns alimentos parecem inofensivos do ponto de vista calórico, mas o excesso traz problemas. Comermos bem, sentimo-nos saciados e não ter que encarar os temidos quilos a mais é um ideal. Na luta diária, não há amêndoas, castanhas, nozes ou granola que escapem na hora que “bate a fome”.  Continue lendo para saber quais Alimentos Saudáveis podem ser Amigos ou não da Dieta

Saiba quais Alimentos Saudáveis podem ser Amigos ou não da Dieta, veja que até os que devem ser consumidos com moderação.

Aveia
  • Rica em fibras, a aveia ajuda a regular o intestino, controla o colesterol e ajuda a emagrecer.
  • O exagero de consumo deve ser evitado pois as calorias em excesso terão efeito indesejado na balança.
  • É recomendado comer 2 colheres de sopa por dia (aproximadamente 30 gramas), sendo o máximo 4 colheres de sopa por dia (aproximadamente 60 gramas).
Abacate
  • Cremoso e saboroso, abacates são uma excelente fonte de fibras, Potássio, vitamina E, antioxidantes e ainda é saudável para o coração.
  • Os benefícios do abacate para a saúde inclui auxiliar a diminuir o colesterol LDL (o mau) no sangue e o sistema circulatório porque contém gordura saudável, como os ômega 3.
  • O abacate deve ser consumido todo dia, no máximo 100 gramas por dia, no mínimo 2 colheres de sopa.
Amêndoas, castanhas ou nozes
  • Estes são alimentos que frequentemente se tornam opções na hora da fome. O problema é saber a hora de parar de comer.
  • Estudos indicam que, quando aliadas a uma dieta balanceada, as frutas oleoginosas auxiliam na perda de peso, pois são ricas em gorduras monoinsaturadas, responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e ativar o metabolismo da queima de gorduras.
  • São alimentos com boas gorduras e também contém minerais antioxidantes importantes, porém são calóricos, então o ideal é não exceder 30 gramas diárias.
Bolacha de água e sal ou torrada
  • A maioria das pessoas sente que comer um pãozinho não é o mesmo que comer bolachas de água e sal ou torradas. Imaginam que a torrada é mais “light” pelo fato de ser mais seca e leve, porém isso é um conceito equivocado, pois ela perde água quando é torrada, mas mantém os demais nutrientes.
  • Uma porção de pão, ou seja, 50 gramas de pão francês equivale a 2 fatias de pão de forma branco, a cerca de 3 torradas ou 6 bolachas de água e sal.
Chia
  • A chia é rica em nutrientes e pode ser uma grande aliada para a nossa saúde. Um dos pontos positivos é o inquestionável benefício que a chia traz para o trato intestinal. Também por sua capacidade de hidratação, a chia auxilia a maximizar a sensação de saciedade.
  • A quantidade diária indicada é 1 a 2 colheres de sopa ao dia (10 a 20 gramas).
Carnes
  • O peito de frango é a opção preferida de carne para quem quer emagrecer, têm menos gordura. A recomendação é de uma porção de filé de peito de 100 à 140 gramas dia alternado com outras fontes de proteínas na dieta.
  • No caso das carnes vermelhas magras, os cuidados devem ser redobrados pelo fato de possuírem alto teor de gordura. A recomendação é de uma porção de carne magra de 100 à 125 gramas dia, até 2 vezes por semana.
  • Pode diversificar com outras fontes de proteínas. O peixe tem uma gordura saudável as porções podem ter entre 100 a 150 gramas e a carne suína também é uma alternativa, prefira cortes magros e utilize porções de 100 a 125 gramas, até 2 vezes por semana.
Granola
  • A granola possui carboidratos, lipídeos, fibras, vitaminas (A, B1, B2, B6, B9, B12 e C) e sais minerais, mas algumas granolas levam óleo ou outras gorduras no seu preparo, tornando o produto mais calórico.
  • É um ótimo complemento para consumir fruta ou iogurte, a porção recomendada varia das necessidades calóricas individuais e podem variar de 1 a 3 colheres de sopa por dia.
Queijo minas frescal
  • É menos calórico que alguns queijos ricos em gordura como o prato, mussarela e provolone. Isto porque ele conta com uma quantidade menor de gordura saturada.
  • A porção recomendada de 50 gramas do minas frescal por dia ainda contam com 28% das necessidades diárias de cálcio e 17,3% das de proteínas.
Mel
  • O mel fortalece o sistema imunológico, auxilia no processo digestivo e melhora o funcionamento intestinal, é também uma alternativa natural ao açúcar.
  • Para não contribuir para o aumento de peso o ideal é não ultrapassar as 2 colheres de sopa por dia.
Adoçante
  • É consenso entre os especialistas o adoçante traz benefícios para a saúde, quando utilizado adequadamente. Os adoçantes vieram para tentar reduzir esse teor de ingestão calórica.
  • O adoçante parece quase inofensivo perante o açúcar, mas, não deve ser consumido em excesso, especialmente os que contém base em sacarina, pois possuem alto teor de Sódio, os que têm base na sucralose ou stevia são mais indicados, mas devem ser consumidos com moderação, somente o necessário para adoçar.

Alimentos Saudáveis podem ser Amigos ou não da Dieta

Guloso & Saudável

Salvar

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde querida!
    Tudo em excesso faz mal mesmo as comidas saudáveis.
    Mais uma postagem rica e esclarecedora, adorei saber
    ainda mais sobre a quantidade de alimentos que devemos ingerir no nosso dia a dia.

    Um grande beijo,
    Andréa ♥

Deixe uma resposta