Tem gastrite? Conheça alimentos que auxiliam a controlar a gastrite!

Com o estilo frenético que a maioria de nós vive hoje, infelizmente, a queimação causada pela gastrite está se tornando cada vez mais comum em pessoas de todas a idades. Conheça no post através de uma alimentação saudável, alimentos que auxiliam a controlar a gastrite!

A gastrite é a inflamação e a irritação das membranas do estômago. A úlcera gástrica é uma chaga ou ferida nas paredes do estômago ou do intestino delgado.

As causas que levam à gastrite são as mais variadas: Determinados medicamentos, como analgésicos e antiinflamatórios, quando tomados por um longo período; Beber muitas bebidas alcoólicas; Infecção do estômago com uma bactéria chamada Helicobacter pylori. Além de que estudos recentes apontam que a gastrite está sempre muito ligada com a situação emocional do paciente.

Receita de Biomassa de Banana VerdeBiomassa de Banana Verde – Conheça Alimentos que Auxiliam a Controlar a Gastrite


Mas o que muitos ainda não sabem é que o desconforto causado por ela pode ser amenizado com uma alimentação equilibrada e rica em determinados alimentos. O post de hoje, alimentos que auxiliam a controlar a gastrite está recheado de alimentos que podem se torna verdadeiros aliados para quem sofre com ela!

Conheça alguns alimentos que auxiliam a controlar a gastrite!

Biomassa de banana verde
  • Já publicamos aqui no blog e comentamos mais de uma vez os benefícios do consumo da Biomassa de Banana verde.
  •  A banana verde quando cozida apresenta um amido resistente. Essa substância funciona como alimento dos lactobacilos, mantendo-os vivos. Para quem não sabe, os pacientes que possuem gastrite tem o estômago povoado com bactérias nocivas e com poucas bactérias benéficas. Ao ingerir a biomassa os lactobacilos permanecem vivos, auxiliando na recuperação do tecido.
  • Os componentes da biomassa são predominantemente alcalinizantes, atuam como elementos energizantes e neutralizadores dos ácidos do estômago.
  • Acesse aqui: receita de Biomassa de Banana Verde.
Caldo de feijão
  • Não é recomendado ingerir o grão do feijão inteiro, esse deve ser evitado devido à fermentação que provoca, mas sim é recomendado o caldo sem feijões inteiros. Além de ser facilmente digerido, ainda aproveita os nutrientes que o feijão oferece.
  • Sopas de legumes e canjas também estão liberadas.
  • Acesse aqui: receita de sopa de feijão com legumes. (sem feijões inteiros)
  • Acesse aqui: receita de sopa creme de legumes.
Frutas não ácidas
  • As frutas liberadas são banana, figo, manga, tâmara, maçã, pera, goiaba, melancia e mamão, pois não agridem o estômago. Os sucos também podem ser ingeridos à vontade.
  • A quantidade indicada é de quatro a cinco porções por dia no café da manhã, no meio da manhã, como sobremesa do almoço, entre almoço e jantar e outra no jantar, sendo cada porção uma fruta ou uma fatia.
Hortelã e alecrim
  • Os chás dessas ervas são poderosos aliados da boa digestão. Eles auxiliam a combater problemas digestivos, graças às suas propriedades antiespasmódicas, são calmantes digestivos, já que diminuem a acidez do estômago.
  • Atenuam azias, gases e cólicas. Para um efeito mais satisfatório, o ideal é que eles sejam tomados 30 minutos antes das refeições.
Lactobacilos
  • A gastrite mata as bactérias boas do estômago, sem elas o tecido do estomago não consegue se regenerar. Assim a ingestão dos lactobacilos é importante para povoar o estômago com bactérias benéficas e assim auxiliar na cura da gastrite.
  • Lactobacilos são encontrados em leites fermentados, iogurtes e também são vendidos em pó.
  • Acesse aqui: receita de Iogurte Caseiro Light. (tem de preparar com frutas não ácidas)
Legumes ou verduras refogadas
  • É benéfico o consuma de legumes e verduras refogados tanto no almoço quanto no jantar, atenção as folhas duras dos não refogados podem incomodar as paredes de estômago.
Peixe, frango e peru com pouca gordura
  • Não precisa eliminar a carne de seu cardápio por causa da gordura. Pode consumir peixes não muito gordos, preparados no forno ou grelhados, carnes de frango cozido, refogado ou grelhado e peru cozido, refogado, assado ou grelhado. Mas nada de frituras!
  • Acesse aqui: receitas de peixe
  • Acesse aqui: receitas de frango
  • Acesse aqui: receitas de peru
Suco de Aloe Vera
  • O suco de aloe vera, planta também conhecida como babosa, tem poder cicatrizante. Ou seja, além de não ser prejudicial, ainda contribui na cura da ferida estomacal.
  • O suco puro auxilia a estabilizar e é capaz de recuperar rapidamente as paredes do estômago, intestino, minimizando o sofrimento da gastrite e da úlcera gástrica.
Suco verde
  • O suco de couve é um excelente antiácido caseiro para o estômago, pois tem propriedades anti-ulcerosas que ajudam a cicatrizantes.
  • O suco de couve possui alto teor de clorofila, uma substância energizante e cheia de zinco e antioxidantes, itens necessários para a recuperação do estômago, além de vitamina C e magnésio.
  • Acesse aqui: receitas de suco verde. (tem de eliminar as frutas ácidas do suco)

Observação – Mas não esqueça, antes de iniciar alterações em sua dieta alimentar deve se consultar com o seu médico especialista em gastroenterologia que posteriormente lhe indicará um  nutricionista.

Conheça Alimentos que Auxiliam a Controlar a Gastrite

Guloso & Saudável

Salvar

Salvar

17 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Vânia querida!
    Uau…belas informações, vc é 10!
    Aqui em casa tomamos o suco verde todos as manhãs, o resultado estão nos exames, tudo certo graças a Deus.
    Uma alimentação saudável e fazer exercícios físicos fazem toda diferença, não é?

    Beijinhos ♥

  2. Bom dia Vânia, adorei suas postagens, muito valiosas para diversos problemas que nos aflige. Não conhecia seu blog, por acaso o encontrei e de agora em diante serei uma frequentadora assidua dessas maravilhas que você nos proporciona, obrigado, um abraço e muito sucesso sempre !!!

  3. Bom dia Vânia, não entendo porque excluir as frutas ácidas se ela são verdadeiros aliados para tratar gastrite! Especialmente o limão. Quem tem gastrite deve tomar suco de 1 limão com água após as refeições ao menos 3x ao dia! AS frutas ácidas são justamente aquelas que equilibram o ph do corpo tornando ele mais alcalino.

      • Olá Vânia, mas a pegadinha esta justamente ai! Frutas acidas não significa acides no estomago. Este é um enganos. O ácido cítrico do limão, e de qualquer fruta, é transformado no organismo em citrato de sódio (sal alcalino), carbonatos e bicarbonatos alcalinos, causa imediata alcalinização do organismo. O Limão em especial, antes mesmo de chegar ao estomago, já esta neutralizando ou amenizando estados indesejados de acidez. Existe uma Química chamada Conceição Trucom que fez um estudo e lançou ate livro sobre o limão e a alcalinização do corpo! Acho que fazer uma citação sobre isso pode ajudar muita gente que procura curar o estomago!! Abraço!

        • Olá Giuliano,
          Bom dia! Alegra-me ver sua entusiasmada defesa ao limão, sim, embora o limão tenha um índice de pH médio de 2,4 e um teor de ácido cítrico entre 5 a 7% (no suco fresco), o ácido é transformado durante a digestão e comporta-se como um alcalinizante, neutralizando e tamponando estados doentios de acidez. Assim não sendo maléfico ao nosso organismo. Para conhecer mais leia – Desvendando os Benefícios do Limão para uma Vida mais Saudável.
          Mas continua nos meios científicos como não recomendado a pessoas com refluxo gástrico esofágico, gastrite e hérnia do hiato.
          Cada paciente deve seguir rigorosamente as recomendações do médico especialista que o assiste.
          Abraço,
          Vânia

          • Bom dia Vânia, obrigado pelo comentário. Entendo sua posição, pois possui um blog e pode ser responsabilizada se alguém tiver problemas em seguir as indicações. Quero acrescentar que ate quando vivi aceitando o meio científico como verdade eu tomava remédios de uso continuo, era 50kg acima do meu peso e tinha uma infinidade de coisa que não preciso descrever aqui. O meio científico com seus remédios e formulas prontas, não pode me ajudar além de trazer um alivio temporário! Nunca puderam curar ou indicar a verdadeira causa dos meus males. Por isso eu desencorajo as pessoas a seguirem rigorosamente os seus médicos alopatas e procurar também a medicina alternativa. A medicina alopata alivia a dor, mas a medicina alternativa cura! De qualquer forma, o livro do limão não é alternativo. Ele é científico, reconhecido pelos meios acadêmicos e científicos, publicado em revistas científicas, etc… o médico que não recomenda achando que ele prejudica é porque esta desatualizado ou é desinformado!

            Obrigado pelo espaço de discussão
            Abraço
            giuliano.

  4. pergunta tomo limão, o medico me passou pantroprazol, mas pensava q sentia azia, e n sinto azia parei com a medicação eu faço todas essas coisas q foi recomendado no seu site. afinal pessoas aconselham o limão para neutralizar o acido gostaria da sua opinião;

    • João, procure ler sobre o limão! faça busca por “cura pelo limão” e verá que você vai ganhar muito em manter o limão em sua dieta…

  5. Consulte um médico e ele te manda tomar leite. MISERICÓRDIA!

    Dieta é com nutricionista, médico diagnostica a patologia e indica o melhor tratamento medicamentoso, mas só quem conhece de verdade os alimentos e sua ação no organismo é o nutricionista.

    • Olá Raíssa,
      Desculpe se erramos, mas imagino que um paciente com gastrite deve primeiro procurar o médico de sua confiança, em seguida passar pelo gastro e depois de medicado ter uma dieta estabelecida pelo nutricionista…
      Continuamos a imaginar que seja este o procedimento correto, mas clareamos o texto no post, obrigada por nos alertar.
      Abraço,
      Vânia

      • Prezada Vânia, a provocação da Raíssa é extremamente pertinente. Devemos justamente repensar essa posição de “endeusamento” que se deu para os médicos. Um médico alopata possui uma visão extremamente fragmentada, por isso limitada, do nosso corpo. Os médicos, na maioria das vezes, são as últimas pessoas que possuem informações que levam as pessoas a descobrir a causa de suas doenças. Eles só tratam sintomas, só olham o fragmento da coisa. Um nutricionista não pode operar, ou fechar um ferida gastro intestinal da forma que um médico faz. Isso tem que ser reconhecido… assim como um médico gastrointestinal que recomenda tomar leite, não tem a menor condição de entender a origem da gastrite que pode ser alimentar ou emocional… Eu desencorajo sim que as pessoas procurem médico para tratar de doenças que não são emergência. Procurar uma alimentação saudável é uma solução muito melhor para curar-se da maioria absoluta dos males que nos afetam… coisa que médicos, no geral, não estão habilitados para fazer.

        • Olá Giuliano,
          Respeito seu pensamento assim como o da Raíssa, mas continuo a entender que minha interpretação está correta, pois tivemos um paciente com gastrite na família, acompanhei a peregrinação em gastro, endoscopia, nutri e não observei como declararam “assim como um médico gastrointestinal que recomenda tomar leite…”.
          Sou uma cardiopata congênita muito saudável (segundo meu cardiologista), tenho uma alimentação saudável (aconselhada pela nutri), faço exercícios físicos e não encorajo nem desencorajo ninguém de procurar nenhuma especialidade da medicina, acredito que as ciências se completam, tornam-se ainda mais eficientes.
          Abraço,
          Vânia

  6. Bom dia Vânia,

    Acho que não se trata de respeito. Aqui acho que todos respeitamos a opiniões. Você tem um site que se propõe a trazer informações para as pessoas e isso, por si só, é um passo muito maior e mais importante que muita gente que só critica mas não se propõe a fazer nada. Por isso, ates de tudo, o que eu já fiz aqui e quero continuar fazendo é construir junto com as pessoas a busca pela informação correta. Mesmo que a informação correta seja relativa, uma vez que não somos máquinas. Dito isso, nós temos mecanismos importantes na ciência que nos esclarecem em muito os processos orgânicos, e as interações entre o corpo e o alimento. Na devemos jogar a ciência fora, mas unir, como disse! Porem é uma prática no ocidente considerar o ciência e suas descobertas como realidade última. Por isso essa coisa de “procure um médico” como se, pelo processo científico que ele se submeteu na formação lhe da autoridade para falar e solucionar o problema de qualquer pessoa. Mas a ciência possui uma premissa em sua própria constituinte que impede ela de ser uma verdade absoluta. Essa premissa é que para algo ser científico, o resultado tem que vir de uma experiência que possa ser observada pelo intelecto e possa ser replicada gerando os mesmos resultados. Mas quando é que as pessoas reagem igual as mesmas coisas?? aos mesmo medicamentos, aos mesmos alimentos?? Há poucos médicos e cientistas que consideram isso…. Um médico padrão de convenio segue protocolos de tratamento que não foram feitos por ele… é quase como um maquina, replicando aquilo que ele nem sabe direito como foi feito. Ao menos se eles se atualizassem na mesma base científica que os formou, os erros poderiam melhorar muito. Harvard, que tem a mais respeitada escola de nutrição no mundo, já faz campanha contra os laticínios na alimentação há anos, e os médicos, nutricionista nem sabem desta informação! Por isso aparece um médico considerando um paciente gástrico tomar leite. Por fim, estes comentário todos é para que seus leitores tenham pelo menos o benefício da dúvida, procurem se informar em outras fontes… É preciso entender que a nossa diversão gastronomia, quando comemos algo que nos da prazer mas que realmente faz mal, não tem nada haver com alimentação. Uma pessoa pode tomar pinga todos os dias, mas criar uma tese para justificar que a pinga faz bem, é o tipo de exagero que que a ciência permite existir…

Deixe uma resposta