Integral, desnatado, sem lactose, de cabra e outros são fontes de Cálcio…, mas é essencial o leite, como escolher o melhor?

Leite, Como Escolher o Melhor para Mim? Leite é uma secreção nutritiva de cor esbranquiçada e opaca produzida pelas glândulas mamárias das fêmeas dos mamíferos.

É o primeiro nutriente dos mamíferos e continua sendo benéfico por toda a nossa vida. O materno, é recomendado como única fonte alimentar do bebê até os seis meses. Saiba mais sobre o leite, como escolher o melhor!

O leite é um produto complexo e nutritivo que contém mais de cem substâncias que estão em solução, suspensão ou emulsão em água.

Tipos de LeiteLeite, Como Escolher o Melhor para Mim?

Leite, Como Escolher o Melhor para Mim?

  • O nutriente principal do leite é o Cálcio, que é responsável por fortalecer os ossos e é aliado na prevenção da osteoporose. Além disso, o Cálcio ajuda no bom funcionamento do intestino, eliminando parte da gordura pelas fezes.
  • A bebida também é ótima na hora de assegurar um sono tranquilo. Já a temperatura deve ser morna, pois assim ele já entra na sua temperatura corporal, sendo mais bem absorvido.
Quantidade a ser consumido de leite, como escolher o melhor
  • Alguns médicos e nutricionistas optam por excluir o leite da dieta, no entanto a recomendação do consumo diário de leite e derivados está incluída nos guias alimentares de todos os países visando garantir o fornecimento da quantidade de Cálcio recomendado pela Academia Nacional de Ciências do Instituto de Medicina.
  • Basicamente necessitamos de 3 porções de leite ou derivados ao dia, atingem essa necessidade diária. Exemplo: deve consumir 1 copo de leite de 240 ml, 1 fatia de queijo e 1 copo de iogurte, mais o que é utilizado nas preparações.
Métodos de conservação do leite
Pasteurização (Leite do dia ou Leite de saquinho)
  • Conservação por curto período de tempo. Destrói os microrganismos patogênicos e reduz o número total de bactérias. O leite é aquecido de 72 a 76°C, por 15 a 20 segundos e é resfriado a seguir.
Ultrapasteurização (UHT) Ultra High Temperature (Leite de caixa)
  • Significa alta temperatura, é um leite que não precisa ser fervido. O aquecimento do leite é de 130 a 150°C, por 2 a 4 segundos e resfriado de imediato, destruindo todos os microrganismos. É utilizado um leite de boa procedência.
Leites dos tipos A, B e C
  • Possuem praticamente a mesma composição nutricional. A diferença entre eles está no tipo de rebanho único ou não, a ordenha ser mecânica ou manual, processo de obtenção e número de bactérias presentes após pasteurização, esses micro-organismos são naturais do leite e não são patogênicos, não provocam nenhum problema à saúde de pessoas saudáveis.
Tipos de leite
Leite cru
  • É o leite sem tratamento térmico, obtido e comercializado sem controle sanitário. É um leite não pasteurizado que pode estar contaminado por bactérias nocivas como a Salmonella, Escherichia Coli e a Listeria, responsáveis por inúmeras doenças.
Leite integral
  • É tratado termicamente, com retirada parcial de água e sem adição de açúcar. É o leite mais consumido no mundo e a denominação refere-se à quantidade de gordura encontrada nele, não é retirada a gordura,  tem no mínimo 3% de gordura. É fonte de Cálcio e proteínas e sais minerais.
  • O leite integral é o mais indicado para crianças a partir dos dois anos de idade. Se consumido antes dessa idade, a criança pode adquirir alergia ao próprio leite no futuro.
Leite semi-desnatado
  • Possui redução apenas de gorduras que pode chegar até 50% comparado ao leite integral. Tem em sua composição entre 0,6 e 2,9% de gordura.
  • Contém os mesmos nutrientes do integral, com menos gordura, é uma opção mais saudável para adultos que necessitam perder peso.
Leite desnatado
  • Possui redução total de gorduras (tem no máximo 0,55%) comparado ao leite integral. Contém os mesmos nutrientes do tipo integral, o mesmo teor de Cálcio. É uma ótima opção para quem precisa perder peso.
  • Existem no mercado leites desnatados com adição suplementar de Cálcio, vitaminas e Ferro o que pode ser interessante para adultos com défice.
Leite reconstituído ou composto lácteo
  • O leite reconstruído é o produto resultante da dissolução em água do leite em pó, adicionado ou não de gordura láctea, até atingir o teor gorduroso fixado para o respectivo tipo, seguido de homogeneização e pasteurização.
  • O composto lácteo, é feito a partir do leite, do leite reconstituído ou derivados de leite, com ou sem outros ingredientes. A base láctea tem que ser de no mínimo, 51% do total do produto.
Leite com baixo teor de Lactose
  • Esse tipo de leite é destinado a indivíduos com grau baixo de intolerância à lactose, quem não consegue digerir completamente a lactose, açúcar predominante do leite.
  • Há versões de leite integral e semidesnatado com zero lactose, porém é necessário atenção com os leites de baixa lactose, pois eles possuem na sua composição a enzima lactase para auxiliar na digestão.
Leite em pó integral, semi desnatado, desnatado
  • Tratado termicamente, desidratado e de boa qualidade microbiológica, desde que reconstituído com água de boa procedência ou fervida. Pode ser integral ou desnatado.
  • Prático e muito utilizado, o leite em pó consiste na desidratação do leite, na retirada da água, mantendo os nutrientes como proteínas, gorduras e Cálcio.
  • Depois de aberto, o produto pode ser armazenado por até 30 dias, em recipiente hermeticamente fechado. O prazo de validade da lata fechada é de 1 ano.
Leite evaporado
  • É um leite rico em nutrientes e concentrado, com menos 60% da água, pois passa por um processo de redução de água da sua composição, sem a adição de açúcar.
Creme de leite
  • A nata ou creme de leite é a gordura do leite, muito utilizada em culinária e doçaria, é obtida através de centrifugação em desnatadeiras.
  • Quanto ao método de conservação é utilizada pasteurização para o creme de leite fresco e natas frescas, a esterilização e UHT para os longa vida embalados em lata e caixinha.
  • A nata pura possui cerca de 30 a 40 % de gordura, no Brasil encontra-se a nata com essa concentração o creme de leite na lata com 25%, a caixinha com 20% e os ligh ou leve com cerca de 12% de gordura.
Leite condensado
  • É o leite integral pasteurizado, desidratado parcialmente e com adição de açúcar, é indicado para preparações culinárias. Existe no mercado leite condensado desnatado, com redução de gordura e menor valor calórico.
Leite de cabra
  • É ligeiramente mais forte e contém mais gordura que o leite integral de vaca, quem tem colesterol LDL alto (o mau) tem que restringir o consumo. Algumas pessoas intolerantes à lactose toleram melhor o leite de cabra.
  • O leite de cabra também possui Cálcio e Ferro, vitaminas B6 e B12, porém em menores quantidades que o leite de vaca.
  • O tamanho das partículas de gordura no leite caprino é menor, facilitando o processo de digestão e absorção, é duas vezes mais rápida que o leite de vaca, é indicado para crianças e idosos.
Leite de soja
  • O leite ou extrato hidrossolúvel de soja é um produto de elevado valor nutricional, rico em proteínas, sendo um excelente produto para pessoas que seguem uma dieta vegetariana e intolerantes à lactose.

Leite, Como Escolher o Melhor para Mim?

Guloso & Saudável

Salvar

Salvar

Salvar

17 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia querida Vânia!
    Sou fã incondicional de leite.
    Nos tempos das vacas gordas, rsrs, minha mãe fazia muito queijos, requeijão de corte, doce de leite com coco, doce de leite com mamão, era uma fartura. Tempo que chovia muito e as vacas davam mais leite, hoje em dia meu pai só tem umas duas vaquinhas, rsrs.
    Obrigada por mais essa postagem esclarecedora!

    Bjs ♥

  2. Oi Vânia, é um tal de risca isso do cardápio e risca aquilo, tirando as pessoas que realmente são intolerantes a lactose.
    Acho válido tb por um hábito mais saudável, não consumir alimentos que só fazem mal como refrigerante, agora outros que não são tão vilões e tem lá seus benefícios como acredito ser o caso do leite e seus derivados, acho bom agente só consumir com moderação né.

    Bjs

    Gélia

  3. Adorei o post, super informatuvo Vânia.
    Eu de momento não bebo leite com lactose cru. Noto de há uns tempos para cá, que não o tolero bem, mas de for cozinhado em bolos, comida ou em iogurtes já consigo.
    Para beber há imensos que são bons, o de aveia, o de amêndoa, o de soja confesso que não gosto.
    Um beijinho.

  4. Querida Vânia
    Tento a todo custo não consumir leite de vaca, mas em algumas receitas é difícil substituí-lo, então compro os desnatados ou sem lactose!
    Aqui em casa bebemos apenas leite de soja ou de arroz (enriquecidos com cálcio) e tenho procurado substituir o queijo feito com leite de vaca por queijos feitos com leite de cabra e ovelha!
    Te desejo um ótimo fim de semana.
    Bjim
    Léia

  5. Bom dia Vânia.
    eu não bebo muito leite… sempre uso o de vaca mesmo nas minhas receitas, mas adoro todos os seus derivados, bela postagem!
    Um ótimo fds!
    Bjs

  6. Muito bom e interesante este comentario sobre o leite , obrigada por nos ajudar no día a día….
    Queria pedir por favor mandem para meu email a receita do requeijao caseiro, massa de pizza no liquidificador, e se tiverem receita de massa de coxinha, por favor, obrigada de desculpem as molestias,abracinhos…

    • Oi Silvia,
      Obrigada pelo comentário.

      Quantos às suas solicitações temos alguns impedimentos como:
      Temos 3 receitas de requeijão caseiro, assim vou enviar o link e depois com calma escolhe a que prefere;
      A massa de pizza temos várias receitas desde integral até sem glúten, assim também envio o link;
      A massa de coxinha ainda não montei a receita.

      Se desejar receber o Boletim Semanal Grátis basta inscrever seu e-mail no blog à direita em cima para receber receitas e noticias.

      Mas se quiser pode guardar as receitas mais antigas das seguintes formas:
      1. imprimi-las, o botão imprimir fica do lado esquerdo abaixo do G+!;
      2. também pode favoritá-las no seu navegador de internet;
      3. pode enviá-las por e-mail para a sua caixa de entrada do e-mail, o botão fica ao lado do imprimir;
      4. pode gerar um pdf e salvá-las.

      Abraço e boas receitas,
      Vânia

  7. Vânia,

    Adorei esta partilha tão util e tão didáctica, eu adoro leite, consumo o normal “meio-gordo” e dou-me muito bem com ele, mas não coloco de parte testar outros.

    Beijinhos e obrigada pelas informações,

  8. Gostei muito do post. Gosto imenso de leite, mas como tenho uma cólite não posso bebe-lo, com muita pena minha, mesmo sendo de soja faz-me mal á colite. Mas obrigada na mesma Vania.
    Bjs

  9. boa noite , gostaria de saber se quem tem alergia a proteina do leite , como minha netinha de 1 ano tem algum outro tipo de leite para beber sem ser o de soja , pq ela não oestá aceitando. obrigada

    • Olá Cristina,
      Bom dia! Sim, existem outras variedades de leite começando pela soja, também o de cabra, depois o de coco, aveia, arroz, alguns podem ser até preparados em casa, mas é indispensável terem a adequação do Cálcio, em breve postaremos algumas outras receitas de leites caseiros.
      Devido a sua netinha só ter 1 aninho, recomendo que solicite ao profissional de pediatria ou de nutrição a indicação do leite.
      Abraço,
      Vânia

Deixe uma resposta