Diria que hoje temos como elemento principal da receita algo que é amado e odiado por muitos. Mas garanto que essa receita pode levar aos que odeiam repensar um pouco. Há sempre uma exceção a todos os casos. E o Fígado ao Vinho pode ser uma das exceções para os não simpatizantes de fígado.

O que eu posso dizer do Fígado ao Vinho é que o resultado foi mais do que satisfatório e que o sabor do vinho ficou muito saboroso, do jeitinho que eu esperava. Mas antes de tudo, vale lembrar que, ao adquirir o fígado, há que ter o cuidado de comprá-lo em locais seguros, pois o animal tem de ser saudável.

Também vale lembrar dos benefícios que o fígado bovino pode trazer à saúde. Ele é considerado por alguns um superalimento pois fornece uma variedade de benefícios para a saúde que são facilmente absorvidos pelo organismo, mas ele contém também um nível maior de colesterol do que outros alimentos, de forma que deve ser consumido com moderação. Devido às suas propriedades nutritivas, o fígado deve ser incorporado a uma dieta saudável.

No entanto, de uma forma ou de outra o que eu posso dizer que o Fígado ao Vinho é umas das receitas que só preparando para crer no que estou dizendo!

Se tem dúvidas nas conversões de medidas da receita acesse o link: Equivalências de Pesos e Medidas Culinárias.

Receita de Fígado ao Vinho

Fígado ao Vinho

Categorias: Carnes
Autores: Guloso e Saudável
Rendimento: 9 porções
Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo total de preparo: 25 minutos
Grau de dificuldade: Fácil
Comida: Europeia
Porção: 120 gramas

Ingredientes

  • 500 gramas: Bifes de fígado bovino;
  • 1 colher de sopa: Alecrim fresco;
  • 2 unidades: Alho dente;
  • 1/2 unidade: Cebola roxa;
  • 1 unidade: Cebola branca ralada;
  • 1 unidade: Pimentão verde;
  • 1/2 unidade: Pimentão vermelho;
  • 1/2 colher de chá: Cominho moído;
  • 1/2 colher de chá: Pimenta-do-reino;
  • 1 colher de chá: Colorau (Urucum);
  • 1/4 colher de chá: Sal;
  • 1 colher de chá: Mistura de temperos;
  • 1 xícara: Vinho branco seco;
  • 1 colher de sopa: Farinha de trigo branca;
  • 2 colheres de sopa: Azeite de oliva aromatizado.

Receita de Fígado ao Vinho

Modo de preparo

  1. De preferência compre os bifes já cortados e limpos, caso ainda tenha alguma pelezinha tire-a, pois ela encolhe a carne e deixa-a mais dura, também é recomendável lavar os bifes antes de temperá-los.
  2. Higienize as cebolas, os dentes de alho, os pimentões, o alecrim. Descasque e rale a cebola branca, esmigalhe os dentes de alho, corte em cubos a cebola roxa e os pimentões. Reserve em separado.
  3. Tempere os bifes com o alho, a pimenta a gosto, o cominho, o colorau, a mistura de temperos, pimentão verde, a cebola roxa, o sal a gosto e deixe cerca de 12 horas na geladeira.
  4. Após sair da geladeira corte os bifes em pequenos cubos ou tiras.
  5. Numa panela de preferência antiaderente coloque o azeite, doure a cebola ralada por 1 minuto em fogo alto, sempre mexendo junte o pimentão, deixe mais 1 minuto, depois o fígado e deixe mais 5 minutos, aos poucos junte a farinha sempre mexendo.
  6. Acrescente o vinho, o alecrim, deixe mais 2 minuto, desligue o fogo.
  7. Sirva o Fígado ao Vinho acompanhado de arroz integral.

Valores nutricionais por porção

Açúcar: 1,5 g Alpha-caroteno: 29,4 μg
Beta-caroteno: 349,1 μg Cálcio: 16,1 mg
Calorias: 140,5 kcal Carboidratos: 6,8 g
Colesterol: 152,8 mg Ferro: 3,3 mg
Fibras totais: 0,9 g Fósforo: 232 mg
Gorduras: 5,1 g Gorduras monoinsaturadas: 2,4 g
Gorduras poliinsaturadas: 0,6 g Gorduras saturadas: 1,1 g
Magnésio: 18,2 mg Niacina: 7,6 mg
Potássio: 272,8 mg Proteína: 12 g
Selênio: 22,7 μg Sódio: 154,8 mg
Vitamina A: 9.807,5 IU Vitamina B12: 32,9 μg
Vitamina C: 22,7 mg Vitamina E: 0,8 g
Vitamina K: 5,8 μg Zinco: 2,4 mg

Os valores nutricionais são baseados em cálculos teóricos. Não foi executada uma análise laboratorial.

POSTS RELACIONADOS

20 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Vânia,

    Eu gosto muito de fígado, não tenho por hábito comprar pois cá em casa não são muito apreciadores. Com esta tua sugestão não temos como não gostar parece-me realmente muito bom. Vou levar a receiat comigo

    Bom dia
    Beijocas
    Paula

  2. Bom dia, Vânia!
    Infelizmente eu faço parte daquele grupo de pessoas que não gosta de fígado… confesso que quando preparado até cheira bem mas depois tem uma textura que… enfim… não dá!… Mas este figado com vinho ficou com bom aspecto!
    Bjs
    Paula

  3. Bom dia Vania la em casa so eu gosto de figado mas vou levar a sua receita quem sabe se os esquisitinhos nao mudam de opppiniao…

    Beijocas

    Margarida

  4. Olá Vânia, adorei a sua sugestão e vou fazê-la, pois cá em casa não há quem não goste de fígado. Em Portugal temos uma maneira tradicional de preparar o fígado, o chamado figado com cebolada, a sua receita é inovadora e parece-me muito gostosa.
    Bjs

    Mariana

  5. Bom dia querida!
    Infelizmente não consigo comer fígado, rsrs, mas o meu esposo e o meu filho adoram, vou fazer essa receita para eles, o aspecto ficou bom, quem sabe eu me arrisco a comer, rsrs.

    Beijinhos, fica com Deus!

  6. Bom dia Vânia, aqui eu e o marido gostamos de figado, mas as crianças torcem o nariz até com o cheio, por isso quase não faço, a sua receita tem um aspecto delicioso, bem diferente!
    Beijos, Oslaine

  7. Bom dia Vânia! Eu AMO, AMO, AMO fígado! Meu esposo não gosta então sempre compro em pequenas quantidades, só para mim. Tive vontade de pegar o prato da foto através do meu monitor! rs rs rs Prepararei esse prato na 1ª oportunidade. Tem tudo o que gosto: fígado, cominho, pimentão, cebolas, alho. Gostei demais da postagem de hoje! Um grande beijo, Paula

  8. Olá Vânia, fiz esta sua receita. Usei o que tinha em casa e saiu muito bem, tão bem que a publiquei. Desculpe não lhe ter pedido licença, a sua receita teve um impacto muito positivo cá em casa.
    Beijos

    Mariana

  9. Vânia querida embora o aspecto tenha ficado espetacular e bom, infelizmente sou da turma que não come fígado nem por decreto. Odeio fígado amiga, miúdos e afins esquisitos hehe. Não posso mentir, não dá mesmo, ja tentei acebolado, mas não gosto do sabor. Porém não desmereço quem goste e muito menos sua receita que por suas mãos ficam sempre com aspecto delicioso. Beijinhos

  10. Aquí em casa todos gostamos de figado, mas nunca fiz com vinho, logo eu que gosto tanto, farei assim que fizer figado novamente. Ficou muito apetitoso!!!!!
    Beijinhos

  11. gostei da ideia!!

    o mais tradicional lá em Beozonte, é o fígado acebolado na chapa com jiló (no mercado central, com cerveja e amigos)

    já fiz patê também e nunca pensei em fazer ao vinho

    🙂

    beijos

  12. Olá Vânia,

    Que bom aspecto tem este seu fígado ao vinho, eu gosto muito de “iscas” fritas, assim lhes chamamos, mas é a única forma como eu consigo comer o fígado…

    De resto confesso que não aprecio por aí além, mas provaria o seu de bom grado, pois parece-me excelente ! 🙂

    Beijinhos

  13. Não por acaso, hoje chegaram os bifes que encomendamos no açougue Vânia. Aqui em casa, eu e o filho mais velho gostamos, a Rosley e o mais novo não comem. Gostei da receita, abraços!

Deixe uma resposta