Essa semana me deparei com essa notícia que me deixou bastante surpresa “Alerta: Cientistas Dizem que Pipoca de Micro-ondas Pode Causar Alzheimer” e a primeira coisa que pensei foi: preciso publicar isso no blog, afinal tanta gente gosta de comer uma pipoquinha de micro-ondas amanteigada acompanhada de um filminho, não é mesmo?  A dica é: resgate aquela sua pipoqueira antiga que estava meio de lado e faça nela mesma!

Estudos realizados pela Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, sugerem que o aromatizante que dá o sabor de manteiga à pipoca de micro-ondas pode causar Alzheimer (pode aumentar o risco da doença de Alzheimer).

Receita de Pipoca na Panela

O problema estaria em um composto chamado diacetil que desencadearia o acúmulo das proteínas beta-amiloides, que ajudam a desenvolver a doença.Os pesquisadores descobriram que o diacetil pode facilmente penetrar na chamada “barreira sangue-cérebro”, que impede que substâncias tóxicas entrem no cérebro.

Além disso, o aromatizante também impediu uma proteína-chave (glioxalase), que protege as células nervosas de alcançar ao cérebro. Contudo, os pesquisadores ressaltaram que a pesquisa se concentrou em operários altamente expostos ao composto e que é preciso mais estudos.  Mas, na dúvida, é melhor sempre evitar! Por isso, os fabricantes de pipoca de micro-ondas estão retirando o diacetil dos produtos.

Benefícios para a saúde:

No entanto, não é por isso que é para deixar de saborear a nossa querida pipoca! Até porque, segundo estudos, ela tem cinco vezes mais fibras do que se você comesse a mesma quantidade de alface! Outra vantagem dela é que por ser rica em polifenóis (substâncias antioxidantes que combatem o envelhecimento),  então na dúvida escolha a pipoca de panela.

A minha opinião:

Eu, particularmente, acho a a Pipoca feita na panela muito mais saborosa do que a pipoca de micro-ondas. Você pode optar pela pipoca de micro-ondas por causa da praticidade, mas não pense que a receita de Pipoca na Panela seja muito trabalhosa. Se contar que quando preparo a pipoca na panela eu posso usar o azeite (que dá um sabor especial) e, assim, não preciso usar sal. Deixo aqui a minha receita de pipoca para quem quiser experimentar!

Pipoca na Panela

Categorias: Acompanhamentos
Autores: Guloso e Saudável
Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo total de preparo: 5 minutos
Grau de dificuldade: Fácil
Comida: Brasileira
Porção: 35 gramas

Ingredientes

  • 60 gramas: Milho de pipoca;
  • 1 colher de sopa: Azeite de oliva.

Modo de preparo

  1. Coloque o milho e o azeite em uma panela, misture um pouco.
  2. Tampe a panela e leve ao fogo médio, agitando de vez em quando até o milho começar a estourar.
  3. Quando parar de fazer barulho a pipoca está pronta (em aproximadamente 5 minutos).
  4. Despeje a pipoca em uma travessa e adicione sal light a gosto.
  5. Sirva a pipoca.

Valores nutricionais por porção

Açúcar: 1,6 g Cálcio: 4,6 mg
Calorias: 173,3 kcal Carboidratos: 22,5 g
Colesterol: 0 mg Ferro: 0,6 mg
Fibras totais: 6,6 g Fósforo: 101,1 mg
Gorduras: 8,1 g Gorduras monoinsaturadas: 5,2 g
Gorduras poliinsaturadas: 1,3 g Gorduras saturadas: 1,1 g
Magnésio: 37,2 mg Niacina: 1 mg
Potássio: 153,4 mg Proteína: 3 g
Sódio: 4 mg Vitamina E: 0,9 g
Vitamina K: 4,2 μg Zinco: 0,9 mg

Os valores nutricionais são baseados em cálculos teóricos. Não foi executada uma análise laboratorial.

Alerta: Cientistas Dizem que Pipoca de Micro-ondas Pode Causar Alzheimer

Guloso & Saudável

POSTS RELACIONADOS

14 COMENTÁRIOS

  1. Realmente, informações desse tipo são importantes de serem passadas. Obrigada!
    Eu particularmente sempre preferi as feitas em casa. E faço as minhas sem óleo nenhum para evitar as gorduras saturadas, é só aquecer um pouco a panela antes de colocar o milho. Depois rego como azeite de oliva e um pouco de óregano. Fica maravilhoso!

  2. Vânia querida essa informação é importantissima. Muito obrigada por compartilhar conosco,infelizmente aqui costumamos fazer pipoca no microondas, pela praticidade, mas diante de uma noticia dessa, não faremos mais. Obrigada, é sempre bom prevenir e nada como pipoca na pipoqueira né? Bjos

  3. Vânia, obrigada por compartilhar, foi ótimo eu não sabia, apesar de que em casa só faço pipoca da forma tradicional, pois assim como você acho muito mais saborosa.

  4. Vânia querida
    Maravilhoso alerta…. realmente é mais prático no micro-ondas, mas nada se compara à delicia de preparar na panela com o azeite bom e ainda podemos temperá-la com ervas, como o meu genro faz e fica uma delicia!!!!!!E o barulhinho dela pulando na tampa!!!! não é demais.. estimula até o apetite. Obrigada por mais este post esclarecedor!!!!Beijinhos da Gina

  5. Olá Vânia, obrigada por compartilhar.
    Concordo com você, também prefiro a pipoca de panela. Uso muito mais, até por ser bem mais fácil de controlar a quantidade a ser consumida. Com duas colheres de sopa tenho minha porção exata de consumo rsss…

    Bjos

  6. Bom dia Vania, eita que eu hoje estou bem atrasada… mas cheguei viu??? Lendo seu post lembrei que quando meus filhos andavam no pre escolar quase toda a semana tinha uma sessao de cinema e nós tinhamos que mandar pipoca de microondas, nao sei se é bom ou nao, confesso que eu em casa faço de panela tal como vc!!! Obrigado por partilhar amiga!!!

    Beijocas

  7. Vânia, ainda bem que temos você pra nos dar essas informações importantes… eu não compro pipoca me microondas pra casa por que eu não gosto, mas as crianças comem na casa dos avós. Agora vou tentar convencer os sogros a não comprar mais…

    Adorei saber.

    Bjuuuu!!!!

  8. Querida Vânia,
    obrigada pela informações, eu não como pipocas pois uso contenção nos meus dentes, e o meu filho tbm não gosta muito então aqui em casa é muito difícil fazer pipocas mesmo quando vamos ao cinema só o meu esposo comi, mais só no cinema aqui em casa ela não tem muita vez, rsrs.
    O seu blog além de ter receitas maravilhosas nos presenteia com belas informações!

    Tenha um final de semana abençoado junto a sua família!
    bjs

  9. Obrigada pela informação amiga,
    pois faço muitas vezes pipocas no microondas para as crianças…
    Beijinhos grandes e bom fim de semana,
    Lia.

  10. Olá, excelente matéria, só um pequeno problema na sua receita: o azeite NÃO deve jamais ser levado ao fogo, pois forma compostos voláteis e vira tóxico ao organismo. Melhor estourar com óleo de soja mesmo.

    • Olá Ana Gabriela,
      Compreendemos perfeitamente sua preocupação, devido a essa preocupação comum no modo de preparo indiquei:
      1. “Coloque o milho e o azeite em uma panela, misture um pouco”, de forma a haver menor absorção de temperatura pelo azeite;
      2. Como temperatura do fogão “fogo médio”;
      3. Tempo de preparo 5 minutos.
      Com base em informações de Centros de Pesquisa e de produtores de azeite temos:
      O ponto de ebulição (fumaça) do azeite começa em entre 190 a 210ºC, (atinge os 185ºC em 7 minutos).
      Acima de 235ºC o azeite não conserva suas propriedades nutricionais.
      Portanto, tal como a Ana Gabriela recomendo nunca fazer frituras e quando quiser cozinhar ou fritar observe nunca ultrapassar a temperatura de 185ºC, (também observe o tempo de exposição do alimento à temperatura) uma vez que todos os manuais de gastronomia reconhecem que tudo pode ser frito ou cozido, de forma saudável, até esta temperatura.
      Não mencionamos o óleo de soja devido a haver uma grande quantidade no mercado de origem transgênica.
      Obrigada pelo comentário, foi de muita valia.
      Beijo, bom domingo,
      Vânia
      Beijo

  11. Vânia, acredito que isso pode ser resolvido regando a ppoca com o azeite depois pronta! é como eu faço. Aqueço a panela vazia e faço a pipoca sem nada! Assim não satura o azeit e nem usa o oleo.

Deixe o seu comentário!