O tradicional Risoto de Sururu ou Mexilhão, para os portugas, prato italiano, foi adaptado por mim para uma realidade mais brasileira – arriscaria até dizer um pouco nordestina. Utilizei o arroz parboilizado, mas pode-se optar também pelo arroz integral.

O risoto é sempre um prato elegante, de aparência agradável, leve, muito saboroso. Eu, particularmente, adoro preparar risotos quando tenho visitas em casa. É sempre uma opção que agrada a todos. Se você concorda comigo, então dê uma olhadinha nas outras receitas que já postei como o Risoto de Abacaxi com Ervas ou o Risoto de Camarão – entre outros. Escolher um só é complicado!

E vocês, tem alguma receita especial de risoto?

Receita de Risoto de Sururu ou Mexilhão

Risoto de Sururu ou Mexilhão

Categorias: Peixes e frutos do mar
Autores: Guloso e Saudável
Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo total de preparo: 25 minutos
Grau de dificuldade: Fácil
Comida: Italiana
Porção: 200 gramas

Ingredientes

  • 1/2 quilograma: Mexilhão (sururu);
  • 1 unidade: Cebola ralada;
  • 2 unidades: Tomate maduro limpo cz;
  • 3 unidades: Alho dente;
  • 2 colheres de sopa: Coentro in natura;
  • 1/2 unidade: Pimentão verde;
  • 1 copo vinho (taça): Vinho branco seco;
  • 1 colher de sopa: Curry (caril);
  • 2 colheres de sopa: Azeite de oliva;
  • 125 mililitros: Caldo de camarão caseiro;
  • 200 mililitros: Leite de coco light;
  • 4 xícaras: Arroz branco cozido.

Modo de preparo

  1. Lave bem o mexilhão (sururu), pois costuma ter alguma areia.
  2. Higienize a cebola, os tomates, os alhos, o contro e o pimentão, rale a cebola, pique os tomates e o pimentão, sem as sementes, esprema os alhos, e pique os coentros. Reserve.
  3. Misture todos os ingredientes menos o arroz, o leite de coco e deixe marinar durante 20 minutos.
  4. Leve ao fogo, junte o leite de coco, deixe ferver, baixe para fogo médio e mantenha no fogo mais 15 minutos, (ou quando diminuir o líquido) acrescente o arroz e deixe mais 5 minutos.
  5. Coloque o risoto em travessinhas individuais ou numa única decorada a seu gosto.
  6. Sirva o Risoto de Sururu ou Mexilhão de seguida.

Obs. No risoto pode substituir o arroz parboilizado por arroz integral e também o vinho por suco de limão.

Valores nutricionais por porção

Açúcar: 2,4 g Alpha-caroteno: 2,9 μg
Beta-caroteno: 197,8 μg Cálcio: 49,6 mg
Calorias: 246,8 kcal Carboidratos: 34,2 g
Colesterol: 17,5 mg Ferro: 4,4 mg
Fibras totais: 1,5 g Fósforo: 200,8 mg
Gorduras: 6,4 g Gorduras monoinsaturadas: 2,4 g
Gorduras poliinsaturadas: 0,8 g Gorduras saturadas: 2,7 g
Licopeno: 760,3 μg Magnésio: 40,5 mg
Niacina: 1,5 mg Potássio: 434 mg
Proteína: 11,2 g Selênio: 30,3 μg
Sódio: 245,1 mg Vitamina A: 437 IU
Vitamina B: 0,1 mg Vitamina B12: 7,5 μg
Vitamina C: 21 mg Vitamina E: 1,2 g
Vitamina K: 11,9 μg Zinco: 1,3 mg

Os valores nutricionais são baseados em cálculos teóricos. Não foi executada uma análise laboratorial.

POSTS RELACIONADOS

18 COMENTÁRIOS

  1. Ohhhh Vania, que delicia de Risotto, ja experimentei de sardinha, e de outras maneiras mas de sururu nunca me passaria pela cabeça… Adorei!!!

    Beijocas

  2. Olá Vânia,

    Como sou “portuga” então para mim é mexilhão ! 🙂

    Gosto de mexilhões, aliás, gosto de quase todo o marisco que fazem sempre pratos requintados.

    O seu risoto está com uma aparência óptima, que belo almoço que daria hoje ! 🙂

    Beijinhos

  3. Vânia, sururu é algo realmente importante na minha vida. Foi com ele que comecei a comer cebola, tomate e pimentão. Isso era na praia com a família, com aquele caldo de leite de coco, a farinha (que voava com o vento) e um limãozinho espremido por cima. Eu não precisava de mais nada, estava alimentada e feliz.

    Depois, começamos a fazer em casa, e eu tenho uma tia que é especialista nisso. Quando eu vou na casa dela, eu peço para ela fazer. Ela sempre faz o arroz a parte. Mas eu não deixo a farinha de lado, ela serve para não deixar escapar nem uma gotinha do caldo.

    Este seu risoto me fez viajar agora a uma praia de Maria Farinha, entre coqueiros, com um sol delicioso e um bom prato de sururu do lado. Obviamente, seu risoto leva leite de coco, o que não poderia deixar de ser. Ela deve ter ficado tão bom…

    Beijos

    • Que bela recordação, Kati!
      Falando sobre praia e farinha voando, me lembrei mais dos caranguejos. Família reunida indo para a praia no domingo e comendo o caldo do caranguejo dentro da cabeça dele. rsrsrs Colocávamos a farofa para não deixar escapar nenhuma gotinha do caldo, assim como você disse! rsrsrs Quem nunca fez isso, não é mesmo? Delícia!

      Beijos,
      Vânia.

  4. QUERIDA VÂNIA,
    O RISOTO DE ABACAXI COM ERVAS DEVE SER MARAVILHOSO IMAGINO O SABOR……..HUMMMMM!
    ESTE DE SURURU FICOU COM UM ASPECTO SUPER DELICIOSO FELIZ DE QUEM O COMEU.
    RISOTO É UM PRATO QUE AGRADA A MUITOS PALADARES INCLUSIVE O MEU, RSRS.

    BJS ♥

  5. vania querida que delicia de receita adorooo remete a minha infancia ….adorooo parabens pela receita e que bom que vc gostou do meu macarrão
    bjão

  6. nunca tinha pensado em substituir o vinho por suco de limão ao fazer risotos!!

    vou tentar no próximo (imagino que deve ficar ótimo, especialmente nesses risotos com frutos do mar)

Deixe o seu comentário!