A receita de hoje de Doce de Tomate é especial por dois motivos. O primeiro é porque essa é uma receita de família, para mim, tem totalmente um sabor de infância. Me lembro muito de me fartar com esse doce que minha tia fazia e colocava em uns potes bem bonitos de vidro. Quando coloco uma colher desse doce na boca, parece até que consigo voltar no tempo… Sabem como é, né. Todo mundo tem uma receita com um “sabor nostálgico”.

O outro motivo deste Doce de Tomate Caseiro ser especial é mais recente. Se eu contar para vocês que sempre quando tenho algumas sementes qualquer que seja a fruta, muitas vezes acabo por arremessar da janela da minha cozinha para fora (que dá para o jardim). Jogo sempre sem grandes pretensões de que nasça algo. Mas, já superou as minhas expectativas várias vezes. Já nasceu pé de fruta pinha (também conhecida como ata), mamoeiros, pé de graviola. Alguns não duraram muito, outros permaneceram por um bom tempo.

A minha mais última surpresa no meio desses arremessamentos de sementes foi ter nascido um pé de tomate! (vejam na foto) Eu fiquei simplesmente maravilhada com ele! Até porque que eu saiba não é lá muito fácil que nasça um, ainda mais pelo acaso. E ele está lindo e super grande e já até tem tomates vermelhinhos. (até já experimentei – a propósito são deliciosos) Por isso, quando decidi fazer o Doce de Tomate Caseiro, aproveitei a oportunidade para  mostrar o meu mais novo orgulho do meu jardim! Espero que tenham gostado!

Obs. Nas fotos observam-se dois tipos de Doce de Tomate Caseiro, um feito com açúcar cristal, mais claro e outro mais escuro feito com mascavo, na receita indicamos o mascavo, pois foi o melhor sabor e cor mais bonita.

Receita de Doce de Tomate Caseiro

Doce de Tomate Caseiro

Categorias: Doces e sobremesas
Autores: Guloso e Saudável
Rendimento: 27 porções
Tempo de preparo: 15 minutos
Tempo total de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil
Comida: Portuguesa
Porção: 50 gramas

Ingredientes

  • 1 quilograma: Tomate maduro limpo cz;
  • 350 gramas: Açúcar mascavo;
  • 3 gramas: Canela em pau;
  • 1/4 colher de chá: Cravo da Índia.
nivo slider image nivo slider image nivo slider image

Modo de preparo

  1. Após higienizar os tomates coloque-os em água quente, quando a pele dos tomates começarem a rachar, mergulhe-os em água fria e assim retire mais facilmente a pele.
  2. Abra-os ao meio e retire as semente (grainhas) com uma colher de café.
  3. Numa panela, misture o açúcar com os tomates.
  4. Junte a canela, os cravos e leve ao fogo baixo.
  5. Mexa de vez enquando, para não grudar ao fundo da panela.
  6. Quando estiver no ponto desejado, (ponto de doce) desligue o fogo, tire a canela.
  7. Bata o doce de tomate no liquidificador ou varinha mágica e leve novamente ao fogo até levantar fervura.
  8. Armazene o Doce de Tomate Caseiro após esfriar ligeiramente em frascos de vidro esterilizados, tapando-os com uma folha de papel vegetal.
  9. Sirva o Doce de Tomate Caseiro após frio.

Obs. Nas fotos observam-se dois tipos de Doce de Tomate Caseiro, um feito com açúcar cristal, mais claro e outro mais escuro feito com mascavo, na receita indicamos o mascavo, pois foi o melhor sabor e cor mais bonita.

Valores nutricionais por porção

Açúcar: 13,4 g Beta-caroteno: 108,6 μg
Cálcio: 19,1 mg Calorias: 57,7 kcal
Carboidratos: 16,9 g Colesterol: 0 mg
Ferro: 3 mg Fibras totais: 0,3 g
Fósforo: 14,5 mg Gorduras: 0 g
Gorduras monoinsaturadas: 0 g Gorduras poliinsaturadas: 0 g
Gorduras saturadas: 0 g Licopeno: 1.126,3 μg
Magnésio: 3,8 mg Potássio: 136,1 mg
Proteína: 0,4 g Sódio: 11,2 mg
Vitamina A: 181,5 IU Vitamina C: 8,5 mg
Vitamina E: 0,2 g Vitamina K: 1,1 μg

Os valores nutricionais são baseados em cálculos teóricos. Não foi executada uma análise laboratorial.

ARTIGOS SIMILARES

Receita de Molho de Alecrim

3

22 COMENTÁRIOS

  1. BOM DIA VÂNIA!
    EU MORO EM APARTAMENTO, TENHO ALGUMAS PLANTAS AQUI NO MEU APT, SEMPRE JOGO AS SEMENTES DE PIMENTÃO NAS MINHAS PLANTAS JÁ TEM BASTANTE PEZINHO, NÃO SEI SE VÃO DÁ FRUTOS.
    O SEU PÉ DE TOMATE ESTÁ LINDO, O SEU DOCE TAMBÉM!
    O DOCE ESCURO TAMBÉM É DE TOMATE?
    FICO ENCANTADA COM AS SUAS RECEITAS E CAPRICHO!
    BEIJINHOS..♥

  2. É um dos meus doces que mais gosto, ficaram os dois com uma cor linda!
    Obrigado pelo seu carinho lá no meu cantinho, bjs!

  3. Olá Vânia, que lindo seu pézinho de tomate, fico feliz por vc sinceramente e supresa com a sorte que vc teve, pois já tentei por várias vezes plantar tomatinhos nos meus vasos, eles crescem ficam altinhos, mas derepente suas folhinhas começam a ficar translúcidas e logo morrem. Fico tão triste, pois já fiz de tudo e não vai prá frente. Desisti. Mas bem eu queria ter uns tomatinhos fresquinhos e sem agrotóxicos em casa, e claro fazer esse doce maravilhoso. Adoro doce de tomate, mamãe fazia qdo éramos pequenos. Nunca mais comi acredita? Gostei muito da receita amiga. Bjocas

  4. tomei nota da sua receita de tomate, e vou fazer só faltou o tempo da primeira cozedura que é mais ou menos necessário, eu fiz um doçe de ameixa que deixei muito tempo no fogo e quando meti nos frascos ficou um pouco rijo. Agradecia que me enviasse o tempo necessário.
    Obrigada Cumprimentos
    Alexandra

    • Olá Alexandra,
      O tempo da primeira cozedura é relativo, pois varia da quantidade de tomate, da potencia do fogo e também do ponto que deseja o doce, mas calculamos para essa quantidade (1 kg de tomate) deverá ser inferior a 1 hora, ou no máximo 1 hora.
      Obrigada por comentar, espero que o doce de tomate fique delicioso.
      Beijo,
      Vânia

  5. oi,
    Eu para fazer o doce e ter noção do tempo. faço o seguinte: após pelar o tomate (não retiro as grainhas; gosto assim), esmago um pouco com um garfo e depois é que levo ao lume. Ele vai-se desfazer durante a cozedura. Vejo que está pronto quando passo a colher de pau e faz “estrada” no fundo do tacho. Assim não é preciso duas cozeduras e fica fantástico.
    Bons doces

    • Olá Maria Beleza,
      Eu também muitas vezes faço dessa forma, mas como muitas pessoas não gostam das sementes “grainhas”, eu retirei-as na confecção do doce, concordo que a “estrada” é uma ótima indicação de que o doce está pronto.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijo, bom final de semana,
      Vânia

Deixe uma resposta